RESENHA │ Todas as pequenas luzes, Jamie McGuire

Todas as pequenas luzes foi lançado n Brasil em outubro de 2018 pela editora Verus e eu queria começar esse texto elogiando essa edição! A capa está simplesmente perfeita, linda e maravilhosa… Uma das minha favoritas da minha coleção! Agora que já demonstrei todo meu amor por essa arte, vamos a obra.

O livro conta a história de dois adolescentes, Elliott Youngblood, um Cherokee que todos os verões passa uma temporada na casa de sua tia Leigh, na cidade de Oak Creek, no intuito de escapar de sua realidade na qual a mãe vive um relacionamento abusivo com o pai e não consegue se desvencilhar disso. Buscando sempre escapar do mundo real, Elliott descobre na fotografia uma fuga e numa de suas sessões ao ar livre, ele conhece Catherine Calhound, nossa outra protagonista.

Catherine tem um excelente relacionamento com o pai, mas logo no início do livro percebemos que é um pouco diferente com sua mãe, que é conhecida por vir uma família com fama ruim e tem um temperamento difícil de controlar. A menina sofre bullying das outras garotas do colégio e não tem amigos, até que ela conhece Elliott e eles encontram um no outro abrigo e cumplicidade, ficando bem próximos durante o verão. Mas quando tudo parece estar entrando nos eixos, a vida de ambos vira de cabeça para baixo.

No mesmo momento que uma tragédia cai sobre a vida de Catherine, a mãe de Elliott aparece para levá-lo à força de volta para casa, sem dar ao menino a chance de se despedir ou de se explicar para Catherine, que se sente traída e abandonada. Mesmo com todos esses acontecimentos o início do livro é um pouco lento e eu me sentia sufocada sempre que a autora descrevia o calor de Oak Creek, me deixando muito desconfortável – pontos para a escrita de McGuire.

“(…) as pessoas só podem nos magoar se a gente deixar, e, se a gente deixa, damos poder a essas pessoas.”

Esse foi o meu primeiro contato com a autora, embora saiba do sucesso de suas obras anteriores, a colação Belo Desastre, mas nunca cheguei a ler e quando peguei Todas as pequenas luzes nem sabia que era da mesma autora e eu amei a experiência. Depois do começo um pouco morno, o livro deu uma virada, aumentando o ritmo dos acontecimentos até que eu não conseguisse mais colocá-lo de lado enquanto eu não chegasse ao último ponto final.

Quando Elliott, depois de ficar alguns anos sem conseguir volta para Oak Creek, finalmente retorna para cursas o último ano do colégio, Catherine não é mais a mesma menina que ele conheceu. Ela se fechou ainda mais dentro de si mesma e parece sempre exausta, tendo que tomar conta da pousada misteriosa da família, a Pousada Juniper, junto com a mãe. Ela está absorta em tantos segredos que está prestes a se afogar neles. A menina ainda não superou ter sido deixada por Elliott no momento que mais precisou dele e não consegue desculpá-lo, mas claro que ele não está disposto a desistir, e busca diversas formas de explicar e reconquistar a menina dos seus sonhos.

Falando desse jeito o livro parece apenas um romance juvenil, com seus dramas e desejos, mas Todas as pequenas luzes é tão mais que isso! Ele inicia nesse amor gostoso de ler, que envolve o leitor e nos faz criar afeição pelos personagens, acompanhando aquela amizade se transformar em algo mais e torcemos pela felicidade daqueles dois jovens. Mas depois do retorno de Elliott vamos descobrindo que tem algo de muito misterioso na pousada Calhound e que Catherine morre de medo de quem quer que more lá dentro com ela. O livro dá essa virada de gêneros de forma crescente, começando aos poucos e eventualmente envolvendo o leitor em um thiller de tirar o fôlego. Além de toda a áurea misteriosa que envolve a pousada, uma das meninas mais populares do colégio desaparece e Elliott se torna o principal suspeito do crime.

“Tive vontade de dizer que eu não mordia, que eu até podia odiá-lo por ele ter ido embora, e fazendo sentir sua falta por dois longos anos, mas havia coisas mais importante no mundo para ele realmente temer.”

A narrativa do livro ocorre de forma muito fluída, cada capítulo alternando entre o ponto de vista dos dois protagonistas. Gostei muito da escrita de McGuire, ela consegue mesclar o romance e o mistério de uma forma maestral, criando personagens fortes e bem construídos, cada um com seu arco e trama. A todo momento nós sabemos que tem algo de errado com a pousada da família de Catherine, mas sem nunca ter todas as informações necessárias para juntar as pontas e formar uma linha de raciocínio.

Todas as pequenas luzes mescla entre gêneros e sentimentos que nos leva a uma caminho sem volta. Assim que passei dos primeiros capítulos eu não conseguia mais colocar o livro de lado. Esse é o efeito da leitura. A obra traz elementos tão reais e discussões tão importantes sobre preconceito, xenofobia, bullying, relacionamento abusivo, tudo misturado em uma narrativa thriller-romântica. O livro é uma obra completa com personagens e bem explorados e uma história muito bem construída.

O grande mistério – que obviamente não vou revelar, afinal, qual seria a graça? – é desenrolado nas últimas páginas e me deixou S U R T A D A! Eu precisei de alguns minutos após fechar o livro para assimilar tudo que tinha lido. Eu não esperava por aquele desfecho e em todas as minhas teorias eu estava tremendamente enganada. Se você gosta de um bom romance e um mistério ainda melhor, se aventure nas páginas de Todas as pequenas luzes e aproveite a leitura!


Título: Todas as pequenas luzes
Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus
Ano: 2018
Páginas: 349
Gênero: Romance, mistério, ficção, jovem adulto
Compre com o nosso link: Amazon

AVALIAÇÃO:

Avaliação: 5 de 5.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.